Palavra do Reitor

Santuário: local de reconciliação

Queridas devo tas e devotos de Nossa Senhora da Saúde que mensalmente contribuem de forma generosa para manutenção e Padre Marcelino construção do Santuário Diocesano, a saudação da parte de Nosso Senhor Jesus Cristo, a quem Sua Mãe serviu, amou e acompanhou desde anunciação, paixão, morte e ressurreição!

No ano de 2015 queremos tornar o Santuário Diocesano num local propício para realização do Sacramento da Reconciliação, conhecido também como Sacramento da Penitência, Confissão e Conversão, podendo ser feito de forma comunitária ou auricular. É Jesus quem nos convida à conversão. Este apelo é parte essencial do anúncio do Reino: “Cumpriu-se o tempo e o Reino de Deus está próximo. Arrependei-vos e crede no Evangelho” (Marcos 1,15).

O cristão arrependido dos seus pecados, tomando consciência da grandeza de Deus, deve buscar um presbitério, confessando os seus pecados. O Evangelho de João narra que Jesus soprou sobre eles dizendo-lhes: “Recebei o Espírito Santo. Àqueles a quem vocês perdoarem os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos” (Jo 20, 22-23).

O apelo de Cristo à conversão continua a soar na vida dos cristãos, sobretudo, neste tempo quaresmal, quando somos convidados a refletir o tema da Campanha da Fraternidade de 2015, tornando-se cada vez mais visível o papel da Igreja na sociedade. Por isso, objetivo da Campanha da Fraternidade de 2015 é aprofundar, à luz do Evangelho, o diálogo e a colaboração entre a Igreja e a sociedade, propostos pelo Concílio Ecumênico Vaticano II, como serviço ao povo brasileiro, para a edificação do Reino de Deus.

O Santuário Nossa Senhora da Saúde quer acolher você, devota e devoto, fazendo o Reino de Deus acontecer através do Sacramento da Eucaristia, a abrindo-se à prática da confissão, libertando do pecado que nos faz romper com Deus, distancia-nos do seu amor, da vida fraterna e pode nos levar ao isolamento. Que a Mãe da Saúde abençoe a todos que buscam a Deus com coração sincero.

Amém!

1 Comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *